Um Breve Estudo Na Carta de Judas

Data publicação 03/05/2017

 

Pastor Washington Roberto Nascimento

Autoria e Data

¨  1. O autor desta pequenina carta é Judas.

¨  2. Na Bíblia há várias pessoas com o nome de Judas. Qual deles seria o autor?

¨  2.1. Judas Isacriotes, apóstolo que traiu a Jesus? (Mateus 10:4; Marcos 3:19; Lucas 6:16).

¨  2.2. Judas, apóstolo, que não traiu a Jesus? (Lucas 6:16).

¨  2.3. Judas, irmão de Jesus? (Marcos 6:3).

¨  3. De acordo com a tradição cristã o irmão de Jesus foi o autor desta carta.

¨  4. Esta carta foi escrita por volta do ano 80 A.D.

¨  Tema

¨  O tema desta carta encontra-se declarado no versículo 3:

¨  “Amados, procurando eu escrever-vos com toda a diligência acerca da salvação comum, tive por necessidade escrever-vos e exortar-vos a batalhar pela fé que uma vez foi dada aos santos”.

¨  Uma Exortação A Batalhar Pela Fé, eis o tema desta carta.

¨  1. Porque a vida cristã é um batalha.

¨  1.1. Porque Satanás é o nosso arqui inimigo nesta batalha (I Pedro 5:8).

¨  “Sede sóbrios, vigiai, porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar”.

¨  1.2. O mundo é nosso inimigo nesta batalha (Tiago 4:4).

¨  “Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus”.

¨  1.3. Os desejos carnais são nossos inimigos nesta batalha (Gálatas 5:17).

¨  “Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis”.

¨  2. Porque a Fé encontra-se sob ameaça.

¨  1. É a confiança em Deus que se encontra ameaçada. Eis o que encontra-se sob ameaça.

¨  1.1. Confiar no amor de Deus.

¨  1.2.Confiar no poder de Deus.

¨  1.3. Confiar na revelação de Deus.

¨  Notas Gerais

¨  1. O autor desta carta é um homem simples.

¨  1.1.Ele se apresenta como servo de Jesus Cristo e não irmão de Jesus Cristo (versículo 1).

¨  1.2. Ele se apresenta como irmão de Tiago (versículo), que foi o outro escritor de uma outra epístola no Novo Testamento e também irmão de Jesus (Marcos 6:3).

¨  2. Como seria bom caso tivéssemos  a mesma humildade.

¨  2.1. Ele não se torna arrogante por ser irmão de Jesus.

¨  2.2. Ele não se torna vaidoso por ser irmão de Jesus.

¨  3. Há uma grande relação entre Judas e II Pedro capítulo 2.

¨  4. Os estudiosos do Novo Testamento acreditam que Judas foi estimulado a escrever a sua carta depois de ler a carta de Pedro.

¨  5. O Pensamento é expresso de maneira tríplice.

¨  5.1. Descrevendo a si mesmo (v.1).

¨  1. Judas – O seu nome.

¨  2. Servo de Jesus Cristo – Sua função.

¨  3. Irmão de Tiago – Sua relação com a Igreja, com a comunidade cristã.

¨  5.2. Descrevendo os seus leitores (v. 1).

"Judas, servo de Jesus Cristo, e irmão de Tiago, aos chamados, santificados em Deus Pai, e conservados por Jesus Cristo"

¨  1. Chamados. 

¨  2. Santificados.

¨  3. Conservados.

¨  5.3. A saudação tríplice (v. 2).

"Misericórdia, paz  e amor vos sejam multiplicados"

¨  1. Misericórdia.

¨  2. Paz.

¨  3. Amor.

¨  5.4. Os falsos profetas (v.4).

¨  1. Homens ímpios.

¨  2. Convertem em dissolução a graça de Deus – não acreditam na eficácia da graça de Deus, a liberdade dá lugar a libertinagem.

¨  3. Negam a Deus, único dominador e Senhor nosso, Jesus Cristo – negam a soberania de Deus.

¨  5.5. Tríplice exemplo de castigo (vs. 5-7).

¨  5.1. A destruição de um povo no deserto porque eles não creram.

¨  5.2. A destruição dos anjos porque eles foram rebeldes.

¨  5.3. A destruição de Sodoma e Gomorra porque elas não se arrependeram..

¨  5.4. Ainda hoje corremos risco de sermos destruídos pelas mesmas razões:

¨  5.4.1. Por não crermos – falta de fé.

¨  5.4.2. Por sermos rebeles.

¨  5.4.3. Por não arrependermos.

¨  6. O pronome demonstrativo: estes (vs. 8, 10, 12, 14, 16, 19)  diz respeito aos apóstatas que estão condenados aos olhos do Senhor.

¨  7. O pronome pessoal: vós (vs. 3, 5, 17, 20, 21, 22), fala dos crentes fieis a quem Judas escreve e orienta.

¨  7.1. Para não se apostatar precisamos seguir as recomendações de Judas nos versículos citados acima.

¨  7.2. A primeira recomendação é se lembrar das palavras de Nosso Senhor Jesus Cristo (v. 17).

¨  8. A referência a Enoque (v. 14).

¨  8.1.A citação destas passagem: “Eis que é vindo o Senhor com milhares de seus anjos...”(v.14).

¨  8.2. “Mas o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo, e disputava a respeito do corpo de Moisés...”

¨  8.3. Estas citações são de uma literatura judaica apócrifa intitulada: O Testamento de Moisés (ou A Assunção de Moisés).

¨  8.4. De acordo com esta obra o diabo questionou o direito do arcanjo Miguel sobre o corpo de Moisés uma vez que Moisés era um assassino. 

¨  8.5. Enquanto o arcanjo se retém de proferir maldição contra o Diabo, os ímpios, hereges o fazem contra o Senhor e os seus servos (v. 8-10).

¨  8.6. O uso de uma obra apócrifa não a torna inspirada.

¨  8.7. Este fato é semelhante ao de Paulo em Atenas quando citou o poeta grego Aratus (Atos 17:28).

¨  “Porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos, como também alguns dos vossos poetas disseram: Pois somos também sua geração”.

¨  8.8. Estes fatos apenas mostram que podemos usar outras obras cujo ensino ilustram o que queremos ensinar na Bíblia.

¨  9. Os ímpios são comparados a três pessoas (Judas versículo 11):

¨  “Ai deles! porque entraram pelo caminho de Caim, e foram levados pelo engano do prêmio de Balaão, e pereceram na contradição de Coré”.

¨  9.1. Caim – Prestar culto que não é agradável a Deus.

¨  9.2. Balaão – Profetizar de uma maneira que não é agradável a Deus.

¨  9.3. Corã – Viver de uma maneira que não é agradável a Deus – Promovendo a desunião. 

¨  9.4. É tempo de fazermos uma reflexão sobre a nossa vida:

¨  9.4.1. O nosso culto é agradável a Deus?

¨  9.4.2. O que falamos e pregamos e ensinamos é agradável a Deus?

¨  9.4.3. O que e como estamos vivendo é agradável a Deus.

¨  10. O livro de Judas termina com uma das mais lindas bênçãos da Bíblia (vs. 24, 25).

¨  “Ora, aquele que é poderoso para vos guardar de tropeçar e apresentar-vos irrepreensíveis, com alegria, perante a sua glória”.

¨  “Ao único Deus, Salvador nosso, por Jesus Cristo, nosso Senhor, seja glória e majestade, domínio e poder, antes de todos os séculos, agora e para todo o sempre. Amém!” 

Pastor Washington Roberto Nascimento